CASO VITÓRIA: POLÍCIA INDETIFICA O MANDANTE DO CRIME.  CONFIRA!

CASO VITÓRIA: POLÍCIA INDETIFICA O MANDANTE DO CRIME. CONFIRA!

A Polícia Civil divulgou que já sabe quem foi o mandante do crime da menina Vitória Gabrielly, de 12 anos, assassinada em Araçariguama (SP). A informação foi passada à TV TEM nesta quarta-feira

Leia tudo

A Polícia Civil divulgou que já sabe quem foi o mandante do crime da menina Vitória Gabrielly, de 12 anos, assassinada em Araçariguama (SP). A informação foi passada à TV TEM nesta quarta-feira (4).

Ainda conforme a corporação, com o esclarecimento da motivação do crime, e que a garota foi morta por engano, o inquérito deve ser apresentado ao Ministério Público nesta sexta-feira (6). Uma testemunha contou que tem uma irmã com as mesmas características físicas de Vitória, devia R$ 7 mil a um traficante e recebia ameaças de morte.


Três pessoas estão presas suspeitas de participação no crime e foram indiciadas por homicídio doloso, quando há intenção de matar: o servente de pedreiro Júlio César Lima Ergesse, e o casal Bruno Marcel de Oliveira e Mayara Borges de Abrantes – todos moradores de Mairinque.



#Crime esclarecido

Vitória Gabrielly foi morta por engano em um acerto de contas por dívida de tráfico de drogas, segundo a Polícia Civil. A hipótese era investigada desde o início do caso e, conforme a polícia, foi confirmada por uma testemunha ouvida no Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa, na capital.

A testemunha, que teve a identidade preservada, disse que recebia ameaças de morte por dever R$ 7 mil a um traficante, e que tem uma irmã com as mesmas características físicas de Vitória. Disse ainda saber que o traficante punia familiares de devedores.