Mergulhador morre sem oxigênio em caverna na Tailândia onde meninos estão presos

Mergulhador morre sem oxigênio em caverna na Tailândia onde meninos estão presos

Saman Kunan, de 38 anos, era ex-integrante do grupo de elite da Marinha e morreu enquanto retornava de uma expedição que levou suprimentos aos

Leia tudo

Saman Kunan, de 38 anos, era ex-integrante do grupo de elite da Marinha e morreu enquanto retornava de uma expedição que levou suprimentos aos meninos.
Marinha tailandesa envolvido nos esforços de resgate dos meninos em uma caverna inundada na Tailândia.

Saman Kunan, de 38 anos, levou suprimentos para o grupo de 13 pessoas, mas ficou sem oxigênio quando retornava para a entrada da caverna Tham Luang. O ex-integrante do grupo de elite da Marinha era triatleta e tinha se voluntariado a participar da operação de resgate.

"Após ter entregue uma reserva de oxigênio, ficou sem ar em seu retorno", declarou Passakorn Boonyaluck, vice-governador da província de Chiang Rai, onde está localizada a caverna. "Perdeu a consciência no caminho de volta, seu companheiro de mergulho tentou ajudá-lo e carregá-lo", disse o oficial da Marinha Apakorn Yookongkaew.
O mergulho é sempre cheio de riscos. Ele pode ter desmaiado, o que o fez se afogar, mas temos que esperar pela autópsia. Apesar de termos perdido um homem, seguimos com fé em nossa missão", afirmou o oficial.